Quinta-feira, 28.02.08

Asas

 

 

Voo sem rumo… sem destino…sem ponto de chegada…

Deixo-me simplesmente levar pelas minhas asas.

 

A minha pequenez ganha ainda mais expressão perante a imensidão do espaço onde me perco…

 

Sobrevoo o mundo com sofreguidão, querendo abarcar de uma só vez o sonho e o desejo, o concreto e o palpável…

Nessa minha vontade, a ténue linha entre a fantasia e o real dilui-se e faz brotar em mim a força de que precisava para não cair no vazio…

 

 

Mas o cansaço do meu voo força-me a parar…

 

 

 

Chamas por mim…

 

Pedes que me livre das asas e me aninhe em ti… Pedido feito de forma quase suplicante a que atendo… porque é essa também a minha vontade e desejo.

 

Arrumo as minhas asas … e, na forma cuidadosa  e delicada como o faço, percebes que elas só descansarão… até que me  apeteça voltar a voar…  

 

 

(Creed - Last Breathe)

 

 

Sinto-me: como um pássaro
publicado por Teia d´Aranha às 22:19 | Comentar | Ver comentários (16)
Quarta-feira, 27.02.08

Voar...

 

Tanto por dizer, mas a minha boca teima em calar e as palavras limitam-se a fazer eco dentro de mim...

Os pensamentos agitam-se na minha mente e turvam-me a vista.

 

Não quero ficar dentro do casulo, não quero silenciar o que me corrói... Recuso-me a existir por existir, a ser mera espectadora de uma peça que não escrevi, que não encenei...

 

Quero ver para além do óbvio, alcançar para lá do atingível.

Ultrapassar limites... derrubar muros... transformar o finito no infinito... sair do labirinto... quebrar a teia que me envolve e deixar-me cair...

 

E no fim... criar asas e voar...

 

 (Absynthe Minded - My Heroics Part One)

 

Sinto-me: fiel a mim mesma
publicado por Teia d´Aranha às 01:19 | Comentar | Ver comentários (6)
Segunda-feira, 25.02.08

Futebol, investigação e roulottes

 

Já devem estar a cogitar: " Que porra de título!". Sei que pode parecer desconexo, mas já vos provo que faz todo o sentido.

Volta e meia gosto de passar os olhos nos jornais regionais e, na semana passada, peguei num deles (Jornal de Leiria) e deparei-me com duas notícias fantásticas, embora não surpreendentes e já vão perceber porquê.

 

Uma das notícias tinha como título "Futebol reduz massa cinzenta" e rezava o seguinte: 

 "Um estudo publicado no Clinical Journal of Sports Medicine concluiu que os jogadores de futebol podem apresentar uma pequena redução cerebral... (relacionada com o pensamento e a memória)... o que pode ter a ver com as repetidas batidas na frente da cabeça. Os cientistas alertam que o futebol não é um desporto 100% benéfico".

 

A segunda notícia dava conta de mais um desacato provocado por um jogador de futebol do clube da minha cidade. Ao que parece, o desportista em causa envolveu-se em distúrbios numa discoteca devido ao estado de embriaguez em que se encontrava e foi posto no olho da rua. Não satisfeito com a m**da que já tinha feito, cá fora, "terá batido com um pau no proprietário de uma roulotte de comes e bebes", mas o comerciante não se ficou e também lhe deu nas fuças!

 

Quando terminei de ler os dois artigos, fiquei com uma dúvida: o jogador trocou mimos com o homem da roulotte devido ao défice de massa cinzenta ( e aí terá como alibi os estudos científicos)... ou, porventura, a sandocha de courato e a "mine" não estariam no ponto?

 

Eu não sou de intrigas, mas se querem saber, para mim, o primeiro artigo explica muita coisa... Agora, vou passar a dar alguns descontos quando ouvir os senhores da bola...

 

Como gosto de futebol e de música ( e do Figo! Uuuuiiiiii!!!!), aqui vai:

(Elvis Presley - A Little Less Conversation)

 

Sinto-me: "iluminada" pela ciência
publicado por Teia d´Aranha às 01:17 | Comentar | Ver comentários (12)
Quinta-feira, 21.02.08

Enjoy the silence...

 

"Le bruit au travail gêne une personne sur deux": este é o título de um artigo do jornal Le Monde, publicado ontem.

(Hoje decidi armar-me em mete-nojo e comecei em francês... Sim, porque eu falo francês! Mas não toco piano... nem sequer ferrinhos!)

 

Para quem não domina a língua do Senhor Presidente Sarkozy, eu traduzo: "O barulho no local de trabalho incomoda uma em cada duas pessoas"... Ah, pois é!

Mas devo sublinhar que este é o resultado de uma sondagem feita aos gauleses que se sentem perturbados sobretudo com telefones, músicas, ruídos mecânicos, barulho da circulação automóvel, entre outros...

As categorias profissionais mais afectadas são os agricultores (quem os mandou trocar a enxada pela maquinaria? Agora, aguentem!) e os operários fabris e da construção civil (nem assim se coibem de berrar uns piropos!).

  

E a nós, povo lusitano, quais os ruídos que nos põem mais os nervos em franja?

 

Eu posso revelar, desde já, o que me fere a audição, os ruídos que eu eliminaria sem dó nem piedade do meu universo:

- a voz da entidade patronal ( é que era já!);

- o barulho da minha vizinha de cima que acha que a meia-noite e a uma da manhã são as horas ideais para proceder às limpezas semanais;

- o toque do despertador; 

- o som daquelas vozes que não transmitem nada a não ser... ruído!

A lista seria longa, mas quero dar-vos oportunidade de se manifestarem... Se o não fizerem, sou menina para ir organizar um buzinão junto ao vosso local de trabalho...

 

Por agora, deixo-vos o "Enjoy the Silence" dos Depeche Mode numa nova versão ( eu sei que sou uma "seca" com esta minha mania de quase sempre ilustra o post com uma música, mas é mais forte do que eu... Sorry!)

(Lacuna Coil - Enjoy the silence)

 

Sinto-me: remetida ao silêncio
publicado por Teia d´Aranha às 10:28 | Comentar | Ver comentários (16)
Domingo, 17.02.08

All around me

 

Todos nós temos momentos de menos inspiração, de menos criatividade... Eu não fujo à regra. Mas, mesmo nesses momentos, apetece-me vir aqui e aumentar a minha "teia"... Há quem deixe poemas, fotos, frases ouvidas ou lidas, imagens...

Eu gosto de partilhar uma das coisas que mais me preenche: a música... Sempre a música!

Há pouco tempo descobri esta... E agradou-me! Sou a única a gostar?

  

(Flyleaf - All Around Me)

 

My hands are searching for you
My arms are outstretched towards you
I feel you on my fingertips
My tongue dances behind my lips for you

This fire runs in through my being
Burning I'm not used to seeing you

I'm alive, I'm alive

I can feel you all around me
Thickening the air I'm breathing
Holding on to what I'm feeling
Savoring this heart that's healing

My hands float up above me
And you whisper you love me
And I begin to fade
Into our secret place

The music makes me sway
The angels singing say we are alone with you
I am alone and they are too with you

I'm alive, I'm alive

I can feel you all around me
Thickening the air I'm breathing
Holding on to what I'm feeling
Savoring this heart that's healing

And so I cry (holy)
The light is white (holy)
And I see you

I'm alive, I'm alive, I'm alive

I can feel you all around me
Thickening the air I'm breathing
Holding on to what I'm feeling
Savoring this heart that's healing

Take my hand
I give it to you
Now you own me
All I am
You said you would never leave me
I believe you
I believe

I can feel you all around me
Thickening the air I'm breathing
Holding on to what I'm feeling
Savoring this heart that's healed

 

Sinto-me: desinspirada...
publicado por Teia d´Aranha às 22:55 | Comentar | Ver comentários (18)
Quinta-feira, 14.02.08

Mais um balde d'água fria!

Não sei se corto os pulsos, se mergulho em cianeto ou se me atiro do Castelo abaixo... Decididamente, estes últimos dias é desgosto atrás de desgosto, decepção seguida de decepção!

Depois do "calhau com dois olhos" que acha que comigo insistência é sinónimo de "conquista", eis que, hoje, a minha vida sofreu mais um abalo. E duvido que me consiga "levantar" nos próximos tempos...

Se estou a partilhar convosco algo de muito pessoal, é na esperança que me possam reconfortar e dar algum alento...

 

E afinal o que aconteceu? Estarão já a perguntar alguns...

Não vos vou esconder nada nem fazer esperar.

 

Soube, hoje, através da comunicação social que uma série mítica que me fez sonhar vai voltar...

Então, deveria ficar feliz, certo? Certo!

Mas agora imaginem uma das vossas séries favoritas ressurgir em... versão porno!!! Isso mesmo!

 

Quem se lembra do "Verão Azul"? Quem se recorda das aventuras vividas por Javi, Bea, Piraña, Desi, Pancho... o velho Chanquete, a pintora Julia, entre outros? Quem nunca assobiou a melodia do genérico? Juro que é verdade: o "Verão Azul" vai renascer das cinzas em versão porno!!!

 

Ainda não consigo acreditar que as peripécias inocentes de um grupo de jovens irão dar lugar a cambolhotas e outras acrobacias... nada católicas!

 

Segundo consta as gravações arrancam já em Maio... Parece que já estou a ver os actores em pelota, montados (!) na bicicleta e chupando gelados... (Oh, si...cariño...)

 

Sinto que uma das épocas douradas da minha vida acabou de ser "esfaqueada"... Estou de rastos!

 

 

Sinto-me: para lá de murcha!
publicado por Teia d´Aranha às 00:41 | Comentar | Ver comentários (26)
Quarta-feira, 13.02.08

Não tenho pachorra...

 

 

... para gente que ou é ou se faz de cega, surda e... burra!

 

Reconheço que tenho um feitio, digamos, muito sui generis, mas tenho como princípio básico o respeito pelo(s) outro(s): o respeito pela individualidade, pelo espaço, pelas ideias, opiniões e, sobretudo vontades ou opções. Por isso, fico fora de mim quando esse mesmo respeito não é tido por mim!

  

Eu gosto de ser directa e frontal, mas procuro, sempre que possível, fazê-lo de forma a não magoar ninguém. Só que começo a pensar que nem sempre isso é viável e que vou ter de usufruir da minha fama de "insensível" e de "rochedo"...  

 

Sempre pensei que certas atitudes e silêncios eram, por si só, suficientemente explícitos e que dispensavam, por isso, palavras e, sobretudo, o advérbio de negação "NÃO". 

 

Quando não respondemos a sms, quando bloqueamos alguém no messenger, quando não retribuimos mails, quando dizemos que não queremos ir tomar café e que não mudaremos de opinião... isso não é já bastante claro?! Não basta?!

 

Será preciso dizer com todas as letras "Enxerga-te! Põe-te a milhas! Não voltes a aparecer-me à frente! Esquece que eu existo!"?! 

 

É o meu mau-feitio em todo o seu esplendor ou terei uma pontinha de razão?

 

Admito muita coisa, mas não aguento invasão de espaço, imposições e desrespeito pelas minhas escolhas. Chamem-me o que quiserem, mas é a minha postura na vida... não consensual, eu sei, mas minha! 

 

 

 

(Lynyrd Skynyrd - Free Bird)

 

 

Quem também não tiver pachorra para músicas de 9 minutos... lamento! Mas digo que vale a pena esperar para ouvir o solo de guitarra, sensivelmente a meio...

 

 

 

Sinto-me: fula com gente que se impõe!
publicado por Teia d´Aranha às 00:09 | Comentar | Ver comentários (12)
Domingo, 10.02.08

Continua a festa!

10 de Fevereiro... e vai mais um aniversário! IUPI!

Desta vez,  é o João Pedro, também conhecido por Jota ou por JP. Identifico-o porque ele próprio já se deu a conhecer nos comentários aos posts e porque ainda não é procurado nem pela polícia nem por credores.

O João é mais um dos meus primos e afilhado (do Crisma), o que me obriga a ser mais generosa no presente a dar... (está bem, está... vai esperando!). Faz hoje 25 anos e é, para mim, um "puto" 5 estrelas, daqueles que luta por aquilo que quer, que não espera que as coisas lhe caiam do céu, que tem uma postura muito madura e responsável em todos os aspectos da vida. Mas já se sabe... "não há bela sem senão"... O meu priminho querido também já deu um mau passo na vida, já tomou uma opção errada... escolheu ser lampião!!!

Mesmo assim, João, aqui ficam, via blog, os meus PARABÉNS!!! Mais logo, dar-tos-ei de viva-voz, mas capricha no lanche ou terás como presente toda a discografia do José Cid para te deliciares durante as tuas viagens para o Porto... E sabes bem que cumpro o que digo!

Mas, para já, dou-te o benefício da dúvida e presenteio-te com uma antiga, mas grande malha... Eu, pelo menos, gosto... E o rapazinho tem o teu look!

 (Linkin Park - Numb)

  

Sinto-me: sempre em festa!
publicado por Teia d´Aranha às 00:40 | Comentar | Ver comentários (8)
Sexta-feira, 08.02.08

Parabéns... a dobrar!

Fevereiro. Este é um mês recheado de aniversários. Traduzindo por outras palavras, é também um mês em que a carteira se vai ressentir. Na minha família, houve muita malta a combinar nascer emFevereiro.

Hoje, dia 8, é marcado precisamente pelo aniversário de duas pessoas: uma especial e a outra muito especial: o M., que faz 35 aninhos, e o D. (junior) que sopra 5 velas!

 

O M. é meu primo. Um primo quase irmão, pois fomos criados juntos e, como tal, a nossa relação, enquanto crianças e adolescentes, sempre foi pautada por momentos de grande fraternidade: ameaças, chantagenzinhas, birras e pancadaria a gosto! Hoje, o clima é francamente mais ameno, quanto mais não seja porque crescemos e porque já não preciso de lhe dar nas "ventas" por o "gaijo" ter surripiado o meu equipamento de educação física para levar para a escola! (Pensavas que me tinha esquecido?! Era da Adidas... um "must" na época!!). Em todo o caso, cá vai: PARABÉNS, M.!!!

 

O segundo aniversariante é o D. (junior). Eram precisamente 8h03 minutos quando, há 5 anos, nascia uma das pessoas mais importantes da minha vida: o meu "príncipe", o meu "moranguito", como o costumo chamar. Entre nós não há sessões de pancada, nem usurpação de equipamento desportivo...  há troca diária de beijinhos, abraços e de tudo o que é mimo. Entre nós, a palavra "Amo-te" é uma constante e faz realmente todo o sentido... PARABÉNS, D.!!!

 

Tenho a certeza que compreenderão que a música de hoje tenha de ser do agrado do D. (junior)... Por isso, aqui vai um 2 em 1: desenhos animados e música de que ele gosta...

(Counting Crows - Accidentally in Love) 

 

Sinto-me: feliz pelos aniversariantes
publicado por Teia d´Aranha às 01:00 | Comentar | Ver comentários (14)
Terça-feira, 05.02.08

Ranhosa, gulosa, maquiavélica e...

Não, não bloqueei. Não, não me deu nenhuma branca.

Já houve quem pensasse que a minha inspiração tinha batido as asas, mas não foi o caso. Foi mais a boa disposição que resolveu tirar umas férias. Passo a explicar: estes últimos dias apoderou-se de mim uma valente constipação, acompanhada de febre intermitente, espirros inumeráveis e tudo o mais que uma constipação costuma trazer a reboque. Mas o que me deixa mais lixada com EFE GRANDE é que nem o meu corpinho é meu amigo! Resolve andar em baixo de forma no fim-de-semana ou nos feriados que é precisamente quando não tenho de ir trabalhar! Desconfio que fez um pacto qualquer com a entidade patronal e esqueceu-se de me avisar! Só à porrada!

Sendo assim, já estão a ver o cenário: ando a nadar em chá e leite com mel, entupida com comprimidos e afogada em lenços de papel... Eu mereço!

Mas não julguem que é uma constipação que me faz estar quieta... e nem eu me posso dar a esse "luxo"! Mesmo meia combalida, fui, no fim-de-semana, mimar-me, isto é, fazer uma cena de "gaija" que andava há séculos para oferecer a mim própria ("gaijos", saltem agora para o próximo parágrafo, please!). O "programa" constou de limpeza de pele, acompanhada de massagens!! Nem vos digo, nem vos conto... Eu que sou "menina" de praticamente adormecer no cabeleireiro e que gosto de ir ao dentista... Vocês não estão bem a ver... Acho que flutuei quando saí de lá...

Foi ainda este fim-de-semana que, finalmente, devorei uns chocolates que não havia maneira de encontrar! Pois é,  sou viciada em chocolate! Só não gramo os recheados com bebida alcoólica, de resto... marcha tudo! Pessoal que me queira "comprar", corre sérios riscos de o conseguir com algumas toneladas de chocolatinho... Mas os que me tiraram do sério estes dias foram uns... com pimenta, da Magnum (cadê a minha comissão?)... simplesmente... divinais!!! Pena não ter conseguido arranjar imagem dos ditos, mas, para os interessados, basta ir a uma grande superfície e adquirir a caixinha que só traz 12 e... em forma de  coração! Única nota de "mau gosto", a me ver (mas eu sou uma esquisita de 1º grau).

Pelo adiantado da hora, já é 3ª feira, dia 5 de Fevereiro... dia de Carnaval, a que não acho a mínima piléria! Por isso, resolvi subverter a coisa e institui este dia como o DIA EM QUE JÁ ME ACONTECERAM COISAS BOAS... (isto cheira a parvoíce dos States!). As razões, acho que só eu as conheço ou só eu me lembro e mais... não digo!

Antes de vos deixar mais uma música, tenho só um recado a dar ao SENHOR SAPO.

Por isso, estão à vontade para irem visitar blogs mais interessantes e voltarem mais tarde... Até já!

AGORA, NÓS, SAPO DUMA FIGA! Eu sei que me emprestaste a "casa" para eu me instalar, mas isso não te dá o direito de pores e dispores da decoração a teu belo prazer, OUVISTE?! Que m**da é essa de teres mudado o look do MEU CONTADOR, sem pedires licença?! Não é que tenha ficado mal, mas gosto de ser EU a mexer nas MINHAS coisas, estamos entendidos? Ou será que já temos uma ASAE dos blogs e eu não fui informada?!

Posso até vir a desculpar-te, desde que... seja um dos blogs em destaque... na próxima década. Caso não mexas os cordelinhos para que isso aconteça... posso vir a ter alguma ideia maquiavélica... Já ouviste falar no que acontece a um sapo quando o põem a... fumar? Parece que não é um espectáculo nada bonito de se ver... Mas foi só um pensamento que atravessou a minha mente. Não quero  ter os defensores de sapos, rãs e girinos à perna!

Pronto, sinto-me aliviada!

 

Quanto à música... sei que ficaria lindamente no capítulo das "lamechices", mas, mesmo assim, apetece-me colocá-la aqui e hoje. Porquê?

Porque me apetece. Porque gosto. Porque nem tudo tem de ter uma explicação. Porque nem tudo tem de ser dito.

 

(The Corrs & Bono - When the Stars Goe Blue)

Sinto-me: a recuperar.. acho eu...
publicado por Teia d´Aranha às 02:46 | Comentar | Ver comentários (22)

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

 

  • E que tal ter tomates para dizer o que vai vem e o...
  • El meu marit i jo vam tenir la sort de tenir un pr...
  • Oláaa, alguém sabe onde se encontram...
  • Pode ser interessante...Para quem gosta e QUER esc...
  • Fiquei triste, admirava mesmo a forma como escrevi...

subscrever feeds