Terça-feira, 29.07.08

The king is not dead!

Este é decididamente o último post... antes de levar o ranhoso do meu computador ao "endireita"! Por isso, é natural que não me ponham  a vista em cima durante uns dias.

Mas se resolvo postar antes de me ausentar por tempo incerto é porque, hoje, ocorreu um facto que revolucionou a pacatez do meu dia e abalou todas as minhas convicções relativas à vida, à morte, ao transcendente.

É verdade que, desde tenra idade, há, na minha vida, episódios que me fazem acreditar que tenho, involuntariamente, ligação com entidades sobrenaturais, mas o que aconteceu hoje ultrapassa as fronteiras do meu entendimento e só veio confirmar que, possivelmente, a minha estadia na vida terrena tem um propósito bem diferente daquele destinado ao comum dos mortais. 


(Avisam-se as pessoas mais sensíveis que o relato que se segue pode conter partes chocantes. Devem, por isso, evitar ler e aproveitar antes para tirar a louça da máquina ou dar alpista aos periquitos.)


Já muito se falou do King... Passados tantos anos, ainda se realizam autênticas romarias a Graceland para prestar homenagem à lenda do rock n'roll e muitos fãs duvidam que ele tenha morrido.

Os fãs... duvidam, mas eu... tenho a certeza absoluta que ele está vivinho e de boa saúde!

E o que me leva a afirmar peremptoriamente que Elvis não bateu as botas?

 

É que hoje, dia 28 de Julho, o Rei... enviou-me um mail!!!

 

Sei que parece inverossímil, que devem estar a pensar que estou a delirar, que ando a apanhar demasiado sol na moleirinha, mas não! Estou na posse de (quase) todas as minhas faculdades mentais, gozo de (relativa) lucidez de espírito, não ando (ainda) a beber nem a fumar nada que me baralhe os fusíveis.

Mas se receber um mail do King já é, por si só, suficiente para destabilizar a vidinha de qualquer um... No meu caso, isso foi o menos! O que me deixou atónita e totalmente  desnorteada foi... o conteúdo do mail! E sinto que, caso não o partilhasse convosco, jamais conseguiria seguir em frente. Ei-lo:

 

" deConvites Diabruras <convites@diabruras.com>
responder aking <convites@diabruras.com>

parabetamaozinhas@gmail.com

data28 de julho de 2008 17:35
assuntoking convidou-te para o Diabruras - O ponto de encontro dos Diabinhos de Portugal

 

 Recebeste um convite de king
king convidou-te para te juntares ao site das Diabruras, onde tem o perfil de Diabinho "Manchon".
No site das Diabruras encontrarás muitos Diabinhos (meninos e meninas) atrevidos e liberais, que procuram amizades, namoros, relacionamentos casuais e sexo ocasional.
Sejas homem, mulher ou casal, só tens que ter mentalidade aberta, vontade de viver a vida e gosto de conhecer outras pessoas."

 

Acreditam agora em mim? Não só Elvis não morreu, como me enviou um mail onde prova que goza de excelente saúde e vigor, sobretudo... físico!

 

King, meu querido, se me estiveres a ler, quero que saibas que aprecio imenso o facto de te teres dedicado a "causas humanitárias", de entrega, de dedicação e de amor ao próximo. Contudo, permite-me declinar o teu convite, pois mesmo sendo detentora de "mentalidade aberta, vontade de viver" e apesar de gostar "de conhecer outras pessoas", não vejo necessidade de o fazer através de um site chamado "Diabruras"... Posso perfeitamente travar conhecimentos inscrevendo-me num curso de pintura de porcelana ou de rendas de bilros...

 

Isto só pode ser mais uma daquelas coisas para me pôr à prova!

 

 

Sinto-me: uma predestinada!
publicado por Teia d´Aranha às 00:26 | Comentar | Ver comentários (33)
Sexta-feira, 25.07.08

Este é bem capaz de ser o último post!

ESTOU FULAAAAAAAAAAAA!!! Estou a pontos de não escrever nem mais um post neste blog e colocá-lo para trespasse!

 

E porquê? Perguntam vocês em coro.

Sabem o que é ter um blog onde a música tem lugar de destaque, onde praticamente todos os posts são ilustrados com um vídeo e, de repente, desde ontem, que no lugar desses vídeos estão apenas quadrados imaculadamente brancos?!

 Pois a TEIA está assim... e eu estou de rastos, capaz de apresentar a minha carta de demissão de "blogueira", enquanto a minha música não regressar!!!

E quando visito outros blogs, estão exactamente na mesma! Chego a não perceber alguns posts porque, não estando lá o vídeo, varre-se a compressão!

 

Duas "blogueiras" amigas, já me disseram que o problema deve ser da m*rda da minha net e  juraram a pé juntos que conseguem perfeitamente ver os vídeos no meu blog, que está tudo direitinho. Mas quem me manda a mim ter uma net chamada Kanguru?! Só o nome já não é bom presságio...

 

Só queria fazer um apelo: se alguma alma caridosa souber que raio de problema é este e como se resolve, agradecia imenso que me dissesse. Mas, por favor, expliquem-me como se eu fosse uma criança de 4 anos ou uma candidata a Miss América... É que não percebo a ponta dum corno de informática! Esqueçam linguagem técnica! Façam-me uns esquemas, uns croquis, uns desenhos com setinhas e tal...Ok?

 

Agora vem a parte irónica: vou colocar um vídeo! Vamos ver se o conseguem visionar, já que eu... só indo directamente ao youtube!

 

Hoje não é música. É um vídeo que um amigo meu me enviou há pouco e que me levou a roer as cutículas, inclusive as das unhas dos pés, tal foi a inveja com que fiquei!

É sobre uma actividade radical em que ele participou e que deve originar sensações únicas. Aliás, a frase que aparece no final do vídeo traduz isso mesmo: "Para os que vivem a vida sem medo de morrer!!!"

Sou "gaija" para experimentar isto brevemente... Alguém me acompanha?

(Slide - Ribeira de Pena a 130km/h)*

 

*Digam-me se conseguem ver o vídeo, pois na TEIA é o estupor do quadrado branco que aparece!

 

 

Sinto-me: muito triste...
publicado por Teia d´Aranha às 23:03 | Comentar | Ver comentários (40)
Quinta-feira, 24.07.08

Ah, pois é! Hoje calha-me a mim...

 

Não sou dada a festejos no meu aniversário. Nem sequer guardo memória da última festa que tenha organizado para assinalar a data. Recordo apenas duas épocas bem distintas: uma em que, ainda pequena, festejei em pleno areal da praia, com os amiguinhos das barracas vizinhas; e outra, já mais crescidinha, na Madeira, em que os convidados do casamento de um amigo meu foram "obrigados" a cantar-me os "Parabéns a você..."

Normalmente, é até um dia em que fico na dúvida se atendo o telefone, se saio, se abro a porta de casa ou se simplesmente me enfio dentro do roupeiro fazendo figas para que o dia passe a correr. Regra geral, a última opção é a eleita.

Mas, este ano, resolvi que a coisa teria de ser diferente. Por isso, não me vou fechar no roupeiro, mas sim na despensa, que sempre é maior e tem comidinha!

Aniversário que se preze faz-se acompanhar, quase sempre, de uns presentes... Há quem, como uma criança, arda de impaciência à espera de ser submerso em embrulhos. Não é o meu caso, a não ser que desconfie que possam vir aí livros ou música. Dá-me mais gozo oferecer ou receber "fora d'época" e a propósito... de nada... só porque sim...

Por isso, esqueçam as jóias (que nem uso), o carro topo de gama, o apartamento no condomínio de luxo e o cruzeiro de 180 dias... Mas, se insistirem muito, posso dar-vos, por via a combinar, o meu NIB...

 

O que eu quero mesmo, hoje, amanhã e nos anos que possa ainda viver é...

... o amor sem reservas dos familiares que sempre estiveram e estão presentes no meu dia-a-dia e que me têm ajudado a ser aquilo que sou hoje;

... o apoio, a compreensão, a capacidade para me apontar os erros e o afecto dos meus amigos de sempre, mesmo dos que a geografia teima em distanciar. 

 

Mas quero mais de mim. Quero continuar...

... a ter força e determinação para lutar por aquilo que ambiciono e para me levantar a cada rasteira que a vida me pregar;

... a ter discernimento para tomar as opções mais correctas e para agir sem nunca trair os meus princípios e valores;

... a não desiludir quem conta comigo e quem em mim confia;

... a ser igual a mim própria, com os meus defeitos e virtudes, mas sobretudo sem nunca perder a capacidade de melhorar a cada dia e sem abdicar da minha liberdade de agir e de pensar.

 

No fundo, no fundo... quero continuar e ser a TEIA... para a maioria de vós, a BETA.... para os amigos, a Bétinha... para a família (vá, vá... acabem lá com a risada!)

 (Queen - These Are The Days Of Our Lives)

 

Sinto-me: ligeiramente mais velha...
publicado por Teia d´Aranha às 00:24 | Comentar | Ver comentários (48)
Terça-feira, 22.07.08

Keep fighting

Há quem diga que a culpa é do tempo... Não sei.

O que eu sei é que, nesta altura, há pessoas à "minha volta" que não andam bem, amigos de quem gosto muito que vivem num estado de desânimo e de angústia que mexe muito comigo também.

Mas o que mais me dói é o facto de querer ajudar e não saber como; de, por mais que eu tente e queira, não conseguir fazer com que reajam... Como se estendesse a mão, mas faltassem milímetros para conseguir alcançar a outra mão... É um sentimento de impotência tão grande! Só queria saber como fazer...

Hoje, ao ouvir esta música, não pude deixar de pensar em tudo isto e fica aqui o conselho: keep fighting... boy!

(Dr1ve feat Lúcia Moniz - A Wish)*

 

* Música para o filme "A Escritora Italiana" de André Badalo

 

publicado por Teia d´Aranha às 10:38 | Comentar | Ver comentários (22)
Sexta-feira, 18.07.08

Problema de expressão ou de afeição?

Todos temos necessidade de expressar sentimentos... os bons e os menos bons. E não sei porquê, mas sempre tive a sensação que o ser humano tem muito mais facilidade em expressar raiva, desagrado, ódio, antipatia do que sentimentos mais puros. Será porque aquilo que nos faz ferver, que nos dá "volta ao estômago" transforma a nossa boca numa embalagem de abertura fácil? Por que será que há pessoas que parecem ter livre trânsito para ofender, ferir, magoar e revelam a maior das dificuldades em gostar, em amar?

Dizer, mostrar que se gosta... não é para todos!

Pensando melhor, talvez dizer até seja bem mais fácil do que demonstrar, provar. Até pela simples razão que as palavras valem o que valem. São apenas palavras.

 

Há quem diga "Gosto de ti", "Adoro-te", "Gramo-te" ou "Curto-te"(versões mais modernas) ou até "Amo-te" como quem diz "Passa-me aí o sal!". Este" gostar"... eu dispenso! Falta-lhe o calor do sentir.

Depois há quem pura e simplesmente não consiga transformar os sentimentos em palavras. Quem  nunca ouviu alguém queixar-se que a cara-metade nunca proferiu um simples "Gosto de ti"?

 

Até há bem pouco tempo, eu pensava que este calar de afectos fosse mais do domínio dos homens, pois muitos ainda alimentam a ideia peregrina de que ser muito carinhoso, atencioso seja conotado como "mariquice". Mas tenho constatado que a não verbalização de sentimentos existe tanto no sexo masculino como feminino. E será que é assim tão importante utilizar a linguagem verbal para desvendar o que vai dentro de nós?

Eu atrever-me-ia a afirmar que a maioria de nós gostaria do meio termo. Eu gosto do meio termo. Gosto de um "Gosto (muito) de ti", de um "Adoro-te" ou de um "Amo-te", mas dito olhando nos olhos, pronunciado alto e bom som ou apenas sussurrado ao ouvido, numa multiplicação de toques, de carícias, de beijos e de abraços fortes, onde o perto se torna muito perto. Sem isso... é como abrir um ovo de chocolate e verificar que, afinal, é oco! Não estava tão recheado como supunhamos...

(Clã - Problema de Expressão) 

 

Sinto-me: a pensar na vida...
publicado por Teia d´Aranha às 23:46 | Comentar | Ver comentários (30)
Quarta-feira, 16.07.08

E se não leres isto... não tens coração!

Há muito, muito tempo, afiambrei-me aqui a umas férias à pato, num paraíso terrestre. Apareceram alguns candidatos, mas... era só garganta... e falta de cabedal para carregar as valises da menina!

Conclusão: estamos a 16 de Julho, as minha férias têm início a 31 e, como tuga exemplar que sou, não tenho rigorosamente nada marcado! Nem uma temporada nas termas do Luso sequer ou uma estadia na Praia da Consolação! E para ajudar à festa ainda não recebi o guito do reembolso do IRS, o que faz com que o destino a escolher obedeça a critérios de selecção muito, mas mesmo muito rigorosos.

Estava eu, portanto, há minutos, de mapa à frente das fuças e indecisa entre ir para Arco de Baúlhe ou Cotiçô da Serra, quando me lembrei de fazer aqui um apelo a toda a comunidade "blogueira" da TEIA e arredores. É coisa simples... 

 

Procuro casa perto da costa marítima, seja ela qual fôr (pode ser galega, marroquina, italiana, grega... You name it! ), oferecida desinteressadamente, para a 1ª quinzena de agosto. (Ok, Tudo bem... Pode ser apenas uma semana! Não?! 4 dias? Um fim-de-semana?)

 

 Atenção! Reparem que eu referi CASA! Não mencionei BARRACA num qualquer parque de campismo!

Já me bastaram os anos em que tive de ir atrelada à família e passar férias numa tenda, daquelas tipo T3, com direito a avançado e tudo, onde funcionava a cozinha! Gosto muito da natureza, do ar puro, dos bichinhos e tudo o mais, mas agora apetece-me outros requintes e mordomias.

  (Suspiro)

Se bem que, de repente, senti nostalgia das filas para os banhos, para lavar a louça... das tendas com cercas de caninhas a toda a volta, feitas com toda a dedicação e esmero; da mesa à entrada, onde não faltavam napperon e jarra com as respectivas florzinhas, acabadas de colher na mata mais próxima, após aquele almoço bem regado e no fim do chefe de família ter passado pelas brasas, de palito esquecido ao canto das beiças, exausto da maratona de sueca e da jogatana de chinquilho...

 

P.S.: Caso disponham apenas de uns modestos aposentos num resort de luxo... também sou menina para me sacrificar... e ir!

(Kid Rock - All Summer Long)*

 

*Desconfio que os "gaijos" vão gostar tanto deste vídeo...

 

Sinto-me: cansada... Quero férias!!!
publicado por Teia d´Aranha às 00:32 | Comentar | Ver comentários (32)
Segunda-feira, 14.07.08

Sapo, se fosses "gaijo"...

O SAPO e todos os seus colaboradores estragam-me com mimos! A um dia de fazer 6 meses de existência, o TEIA D'ARANHA leva em cima com o 2º destaque! Andava já eu a roer-me de inveja de uns blogs da qual sou "cliente" e que estão também merecidamente destacados... e eis senão quando... o SAPO me presenteia!

 

Agora, e como  já me disse alguém hoje, eu devo andar a viver muito esta história... É que, pode custar-vos a crer, mas sonhei que, hoje, era destaque! Por isso, imaginem a minha cara de parva (não a que já tenho, mas mais parva ainda!) quando chego à hora de almoço a casa, ligo o pc e vejo que tenho mais comentários do que o habitual.... O SAPO tinha feito das dele!

 

Para além do SAPO e de toda a sua equipa, quero também, à imagem do que fiz no 1º destaque, agradecer a quem me convenceu a embarcar nesta aventura, a todos os que por aqui têm passado, mesmo aos que optam apenas por ler sem comentar e a todos os que já não arredam pé!

Embora os seis meses de blog só amanhã se concretizem, devo sublinhar que o blog tem servido não só para eu fazer uma das coisas que mais gozo me dá (escrever), mas tem também  possibilitado "conhecer" novas pessoas, com as quais tenho partilhado o pouco que sei e aprendido muito. A todos... muito, muito obrigada! Vamo-nos encontrando... por aqui...

(Coldplay - Viva La Vida)

 

Sinto-me: mimada pelo SAPO!
publicado por Teia d´Aranha às 15:40 | Comentar | Ver comentários (37)
Sexta-feira, 11.07.08

(I can't get no) Satisfaction

Ron Wood abandona mulher por menina de 18 anos...

Venero os "gaijos" que quando não estão bem... mudam-se e que se estão literalmente cagando para a diferença de idades!

Hoje, os jornais atentos à vida das estrelas do panorama musical noticiam que o guitarrista dos Rolling Stones, de 61 anos, está a viver um tórrido (digo eu) romance com uma russa 43 anos mais nova.

Ron Wood abandonou o casamento de 23 anos com Jo Wood, 53, para viver um romance com uma jovem russa de 18 anos.

 

Portanto, os homens que julgavam que a partir de uma provecta idade estariam mortos para a vida... desenganem-se! Ainda há esperança e um longo caminho a percorrer, onde não faltarão supresas, emoções e muitas cambalhotas e pinotes!!

Basta serem ricos, andarem meio grogues e sobretudo serem... lindos ... como o Ron!!!

 

(Se a moda pega por cá, ainda vamos ver o Avô Cantigas enrolado com a Luciana Abreu... )

 

Sinto-me: surpreendida!
publicado por Teia d´Aranha às 19:37 | Comentar | Ver comentários (55)
Quarta-feira, 09.07.08

A prova de que não ando nada bem...

... é quando este senhor...

 

 

... aparece no ecrã da minha televisão e eu penso: "Vou começar a ver tudo quanto fôr conferência de imprensa e flash interview daqueles lampiões!"

 

(Pronto... agora mandem lá entrar os senhores de bata branca e já sabem onde me encontrar, caso eu não apareça aqui durante uma boa temporada...

Olha, que fofos! Os senhores trazem uma camisa para mim! Apertada, é certo, que nem consigo mexer a porcaria dos braços... mas foi uma atençãozinha bonita mesmo assim...! )

 

Sinto-me: num avançado estado de loucura
publicado por Teia d´Aranha às 00:12 | Comentar | Ver comentários (54)
Segunda-feira, 07.07.08

I'm tired...

 Gosto da letra... adoro o vídeo... E não me peçam mais nada. 

 (Texas - Summer Son)

 

I'm tired of telling the story
Tired of telling it your way
Yeh I know what I saw
I know that I found the floor

Before you take my heart, reconsider
Before you take my heart, reconsider
I've opened the door
I've opened the door

Here comes the summer's son
He burns my skin
I ache again
I'm over you

I thought I had a dream to hold
Maybe that has gone
Your hands reach out and touch me still
But this feels so wrong

Before you take my heart, reconsider
Before you take my heart, reconsider
I've opened the door
I've opened the door

Here comes the summer's son
He burns my skin
I ache again
I'm over you

Before you take my heart, reconsider
Before you take my heart, reconsider
I've opened the door
I've opened the door

Here comes the summer's son
He burns my skin
I ache again
I'm over you

Here comes the winter's rain
To cleanse my skin
I wake again
I'm over you

Here comes the summer's son
He burns my skin
I ache again
I'm over you

Here comes the winter's rain
To cleanse my skin
I wake again
I'm over you

I'm over you

 

publicado por Teia d´Aranha às 23:20 | Comentar | Ver comentários (16)

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

 

  • El meu marit i jo vam tenir la sort de tenir un pr...
  • Oláaa, alguém sabe onde se encontram...
  • Pode ser interessante...Para quem gosta e QUER esc...
  • Fiquei triste, admirava mesmo a forma como escrevi...
  • É pena! O que aqui encontrei foi um regalo para os...

subscrever feeds