Foi bom. Enquanto durou.

A frequência (ou a falta dela) com que tenho andado a escrever já o fazia prever: este blog chega hoje ao fim. Serviu-me durante bastante tempo como confessionário, como forma de partilha, como fonte de boa disposição e até de uma ou outra picardia. "Conheci" pessoas fantásticas que não esquecerei e outras que foram umas verdadeiras bestas. Estas já se diluiram na minha memória.

Hoje, continuar aqui, para mim, já não faz qualquer sentido. Já não me preenche. E tudo o que não nos preenche, acabamos sempre por encarar como uma obrigação e não como um prazer. Por isso, tornar este blog numa "maçada", seria uma perfeita estupidez. Não quero.

 

O meu enorme obrigada a todos os que passaram por aqui. Fui.

publicado por Teia d´Aranha às 12:26 | Comentar | Ver comentários (10)