Sem dúvida...

 

Tomar decisões nem sempre é fácil, sobretudo se forem decisões que podem mudar a nossa existência. O receio, a dúvida e, frequentemente, a falta de coragem colocam a vida num impasse... não se recua, mas também não se avança... Tudo estagna.

 

E o tempo, esse,  não compactua com  a falta de iniciativa e com medos... Os dias, os meses, os anos continuam a passar ao mesmo ritmo, sem quaisquer contemplações... 

 

Não arriscar... não enfrentar os temores... deixar arrastar situações... não me parece que seja VIVER... É antes um "adiar" viver, um "deixar andar"... É quase viver... por procuração...

 

(Sónia, espero que te tenhas conseguido arriscar... VIVE sem medo!)

 

(Keane - Hamburg Song + Fly To Me)

 

Sinto-me: tentar dar força a uma amiga
publicado por Teia d´Aranha às 01:33 | Comentar