Quinta-feira, 06.11.08

Assim, juntinhos é que eu gosto!

 

E quando o mesmo desafio (apenas com uma ou outra nuance) é lançado por três pessoas... isso é? Um azar do c*ralhinho!!!

O Ima, a Irracional e a Caracolinho, sabendo que sou uma "gaija" que consome tanta música quanto uma dona de casa reformada consome de novelas da TVI e de "Tardes da Júlia", acharam que eu seria a otária perfeita para aceitar mais esta provação. E sabem que mais? Adorei!

E para que os três rejubilem, darei três respostas a cada uma das perguntas (esta é a parte que confirma que sou mesmo uma otária)!

 

O desafio consiste em:

 

I - colocar uma foto minha.

Como tenho a fama de rebelde, não vou obedecer a esta alínea!

1º Porque não me apetece.

2º Porque isto é suposto ser um blog e não o cartaz de divulgação do próximo FantasPorto.

 

II -  escolher uma banda/ artista.

Quem me conhece de ginjeira sabe que eu só poderia escolher Bruce Springsteen, "The Boss"!

 

III - responder a perguntas apenas com títulos  da banda/ artista escolhido.

(A opção de responder com excertos de letras também é aceitável)

 

IV - escolher 4 pessoas a quem passar este "mimo", não esquecendo de as avisar.

 

E as perguntas são:

 

1- és homem ou mulher?  

"Gipsy Woman", " Mary Queen Of Arkansas", "Jersey Girl"

 

2- descreve-te.  

"No Surrender", "Be True", " Born To Run"

 

3- o que acham as pessoas de ti?  

"Secret Garden", "Hearts Of Stone", "You Can Look (But You Better Not Touch)"

 

4- como descreves o teu último relacionamento?  

"I'm A Coward (When It Comes To Love)", "Heart Full Of Soul", "Glory Days"

 

5- descreve o estado actual da tua relação com o teu (tua) namorado(a) ou pretendente.  

 "All I Need", "Crush On You", " Fire"

 

6- onde querias estar agora?

"Viva Las Vegas", "Back In Your Arms Again", " I Wanna Be Where The Bands Are"

 

7 - o que pensas a respeito do amor?  

" All Or Nothing At All", "Human Touch", "Two Hearts"

 

8- como é a tua vida?  

"Get Up And Stand UP", "Code Of Silence", "My Best Was Never Good Enough"

 

9 - O que pedirias se pudesses ter um só desejo?

"Forever Young" (aqui só pede um... pronto, é um!)

 

10 - escreve uma frase sábia. 

"Don't Look Back",  "You Gotta Fight (Fight For What You Want), " A Good Man Is Hard To Find"

 

Agora vou distribuir o mal pelas aldeias e convoco para este desafio:

 

O Presidente

A Gaja

O Tome Nota

A Sophia

 

(Fire - Bruce Springsteen) 

 

publicado por Teia d´Aranha às 00:29 | Comentar | Ver comentários (14)
Terça-feira, 22.04.08

Raios os partam... precisavam ser tão bons?!

Terça-feira, dia de folga, aqui, na Teia. Na calha estava já, desde ontem, a sublime intenção de me armar em fada do lar e proceder à chamada "lida da casa"... E a intenção continua de pé, contudo, às 11 horas da manhã, ainda não fiz a ponta dum chavelho: ela é pequeno-almoço (leitinho e torradas e o caneco!), ela é café logo de seguida porque depois... já não é a mesma coisa, ela é ouvir as notícias para ver se, finalmente, chegaram a consenso sobre quem se chega à frente para comandar o PSD... e tudo isto enquanto anda pelo youtube a catar esta e aquela música! (Sim, não fecho bem a "mala", mas o meu psiquiatra já está a tratar de remediar a coisa...)

 

Eis senão quando... dou com uma interpretação de uma música do Boss (lá está ela... não o larga!), feita de forma genial pelo próprio e por Michael Stipe (dos R.E.M.). E é ao ver e ouvir coisas assim que me pergunto: "Estes gajos precisavam ser tão bons?!". Cantam, tocam, interpretam de forma divinal!!!

Reunir, num só palco, tanto talento... dói! Dói... porque não estive lá!

 

(Bruce Springsteen & Michael Stipe - Because The Night)

 

Informação adicional: Infelizmente, os músicos também não duram para sempre e, no passado dia 18, faleceu o teclista do Bruce. Por isso, antes de ir sacudir os tapetes, vou ali praticar no orgão que me ofereceram aos 7 anos... pode ser que o Boss descubra o meu talento e aí vou eu para os "Estates"!

 

Sinto-me: a precisar de mais um café
publicado por Teia d´Aranha às 11:33 | Comentar | Ver comentários (38)
Terça-feira, 04.03.08

He's the man... He's the boss...

Se pelo título pensam que vou falar do meu patrão... afastem já esse pensamento negro da vossa mente! Do meu patrão não falo! Primeiro, porque não merece qualquer tipo de protagonismo; segundo, porque se falasse da entidade patronal dava-me já um ataque de urticária que só terminaria quando ficasse sem unhas; terceiro, porque não perco tempo a falar de pessoas que não interessam nem ao Menino Jesus!

 

Vou falar sobre... uma paixão. Não  sobre aquela paixão que nos tira a fome e o sono (porque nos absorve de corpo e alma),  não aquela que nos dá aquele friozinho na barriga, que nos faz andar com um sorriso de orelha a orelha, exibindo o teclado, e que faz com que, de repente, tudo nos pareça maravilhoso. A paixão de que vos vou falar... é outra.  Mas para isso tenho de recuar uns anos, pode ser?

 

Quem me conhece sabe que a música sempre ocupou um lugar de destaque na minha vida, embora não saiba ler uma nota, nem tocar o que quer que seja. Consigo passar horas a falar de música, de letras, de bandas, embora só o consiga fazer com quem viva de forma igualmente intensa este gosto e, à minha "volta", só existem duas pessoas assim que, para além do gosto e da cultura musical de que são detentores, ainda conseguem saber tocar... Odeio-vos, "gaijos"!!!

 

O meu "acordar" para a música deu-se logo em pequenina. O verbo "acordar" não é usado em vão... Imaginem, logo pela manhã, na missa dominical, levarem com um coro de igreja, composto por velhas a tresandarem a naftalina e onde cada uma delas fazia um esforço descomunal para que a sua voz se fizesse ouvir acima de todas as outras!

 

Já adolescente, tentei aprimorar o meu gosto. Mas não estava fácil... Era a altura em que os meus sentidos começavam a despertar para outras realidades, mas altura também em que as cantorias com que a minha tia brindava  todo o bairro e vizinhança, num raio de 40 quilómetros, me obrigavam a aumentar o som da minha música de forma considerável.

Vocês não estão bem a ver (nem a ouvir), mas eram bem difícil abafar um "Eu sei, meu amor, que nem chegaste a partir, pois tudo em meu redor me diz que estás sempre comigo... e blábláblá", gritado a plenos pulmões!!! Pior... só ouvir a Carmen Miranda!

 

Ainda na adolescência, graças ao meu primeiro namorado que tinha a mania que era DJ, fui alargando o leque de conhecimentos e foi aí que me apaixonei! Não pelo meu pseudo Dj (essa paixão já durava há muito), mas sim por este senhor...

Ok...ok...ok! Eu confesso! O que me chamou a atenção, em primeiro lugar, não foi o senhor, mas sim a respectiva "matrícula"... Sim! Que querem?! Sou uma "gaija" que olha para os rabos... É crime? Também aposto que o mulherio já me está a crucificar: " Mas o tipo é um cota... e coiso e tal...!" E daí? É um cota que dá "bailinho" a muito marmanjo que anda por aí...

Vista a revista a capa, decidi ouvir o som do Boss... Esqueci de imediato o traseiro dele e concentrei-me nas letras e músicas... Estava rendida!!!

Já na faculdade, mergulhei a sério no mundo do Bruce, graças ao U. que me fez ouvir coisas que não conhecia...

 

Tudo me fascina no Boss: a mestria com que compõe, toca, a cumplicidade que cria com o público, o anti-vedetismo que o caracteriza... Simplesmente ge-ni-al!!!

Quem não conhece... tente ouvir atentamente, concentre-se nas letras que me dizem tanto... Se eu fosse "gaijo", escreveria coisas assim, de certeza! E se há coisa que lamento muito nunca ter podido fazer... é ter assistido a um concerto dele... Dava uns aninhos da minha vida para o ver ao vivo! Digam lá se não é fantástico?

 

 (Bruce Springsteen - Waitin' On a Sunny Day)

 

(Se repararem... a meio do vídeo... na 1ª fila... o Boss aponta para uma faixa onde se lê Portugal. O concerto foi em Barcelona...)

 

("Gaijas", digam lá se também não se derretiam se alguém vos dissesse, tal como na canção,

 

 "Without you, Im a drummer girl that cant keep a beat
An ice cream truck on a deserted street
I hope that youre coming to stay
" ?)

 

Sinto-me: Fã nº1!!!
publicado por Teia d´Aranha às 13:26 | Comentar | Ver comentários (14)

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

 

  • El meu marit i jo vam tenir la sort de tenir un pr...
  • Oláaa, alguém sabe onde se encontram...
  • Pode ser interessante...Para quem gosta e QUER esc...
  • Fiquei triste, admirava mesmo a forma como escrevi...
  • É pena! O que aqui encontrei foi um regalo para os...

subscrever feeds