Terça-feira, 19.05.09

Para sossego da nação e de quem gosta de mim (esta última é à Ronaldo...)

 

Não dei um tiro na boca. Não fui atacada pela gripe mexicana. Não morri. Não andei ocupada com a escolha do vestido para os Globos de Ouro. Não me saiu o euromilhões (que puto de azar!). Não fui festejar a subida do Olhanense à 1ª Liga. Não fui com o Sócrates participar na corrida das Novas Oportunidades. Não andei a investigar os No Name Boys (mas bem que podia ter dado uma ajudinha!). Não casei com um moço doze anos mais novo como fez a Clara de Sousa (tu é que a sabes toda, mulher!). Não estive ocupada a tentar convencer o Quique a ficar por cá (mas ainda posso tentar e sem sacrifício algum). Não fui para o Fundão apanhar cerejas (até porque prefiro esperar que as distribuam gratuitamente nas praias). Não fui fazer pressing junto do Sarkozy para que apoie a recondução do Durão Barroso. Não me juntei aos rebeldes nigerianos para mandar ao ar umas quantas refinarias de petróleo. Não fui a Fátima com aquela actriz brasileira das novelas (que levou a imprensa atrás para registar quando se ajoelhava, quando rezava, quando se benzia, quando comprava terços e velas e imagens dos pastorinhos e água benzida e...).

 

Então, o que raio tenho eu andado a fazer?

Nada. Rigorosamente nada. A não ser levar a cabo tarefas que exigem alguma futilidade, como preparar-me para o Verão e para a exibição do corpo. Por isso, neste exacto momento, estou a ganhar balanço (como se fosse presciso!) para devorar isto:  

 

 

 

Como se não bastasse não ter morrido, ainda ando a ser atacada por apetites vorazes a horas impróprias... 

 

 

 

publicado por Teia d´Aranha às 00:26 | Comentar | Ver comentários (40)
Domingo, 15.03.09

Marisa, és cruel!

 

Materialista? Não, não sou. Nada. Nem um tiquinho. Mas, todas as sextas-feiras, escolho cinco números e duas estrelas, acreditando que serão eles o "passaporte" para uma nova vida. 

E todas as sextas-feiras essa secreta esperança é derrubada pela Marisa Cruz, facto que tem um duplo impacto. Uma coisa é ser um homem a destruir-me os sonhos, agora uma mulher é outra história! É uma humilhação pior do que a sofrida frente ao Bayern!

 

Mas não vou desistir... e sei que, sexta-feira, voltarei a escolher os meus números e  as minhas estrelas com mesma convicção.

 

E sei que, uma vez mais, à noite, serei obrigada a adiar desejos. Ser pobre é lixado!

 

 

 

publicado por Teia d´Aranha às 18:56 | Comentar | Ver comentários (14)

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

 

  • E que tal ter tomates para dizer o que vai vem e o...
  • El meu marit i jo vam tenir la sort de tenir un pr...
  • Oláaa, alguém sabe onde se encontram...
  • Pode ser interessante...Para quem gosta e QUER esc...
  • Fiquei triste, admirava mesmo a forma como escrevi...

subscrever feeds