Quarta-feira, 17.06.09

Sem comentários

 

Porque há músicas (e letras) que os dispensam... 

 

 

 

 Disobey my own decisions
I deserve all your suspicions
First it's yes and then it's no
I dilly dally down to duo
But I've got no secrets that I babble in my sleep
I won't make promises to you that I can't keep

And you know that I love you
Here and now not forever
I can give you the present
I don't know about the future
That's all stuff and nonsense

I once lived for the future
Every day was one day closer
Greener on the other side
Yes I believed before I met you
But I soon learned your love burned brighter than the stars in my eyes
Now I know how and when, I know where and why

 

 

publicado por Teia d´Aranha às 15:04 | Comentar | Ver comentários (8)
Domingo, 02.11.08

Queria um Eddie só para mim

 

Este fim-de-semana, uma reportagem a que assisti terminou com uma música que me soube tão bem voltar a ouvir...

Além de ser de alguém que admiro muito enquanto músico, tem uma letra daquelas que sinto que se me cola à pele e a melodia é... arrepiante.

Mas isto sou eu a falar... Eu que me deixo levar por notas de viola e por palavras conjugadas de forma admirável, capazes de me fazer parar para as ouvir... Apenas isso... ficar quieta, ouvir, sentir...

 

(Eddie Vedder - Garanteed)

 

One bended knee is no way to be free
LIfting up an empty cup i ask silently
that all my destinations will accept the one that's me
so i can breathe -.

Circles they grow & they swallow people whole
half their lives they say goodnight to wives theyll never know
got a mind full of questions and a teacher in my soul
and so it goes -.

Don't come closer or I'll have to go -.
owning me like gravity are places that pull
If ever there was someone to keep me at home
it would be you-.

Everyone i come across in cages they gought
They think of me & my wandering but im never what they thought
got my indignation but im pure in all my thought
I'm alive.

Wind in my hair i feel part of everywhere
underneath my being is a road that disappeared
late at night i hear the tress, they're singing with the dead
overhead

Leave it to me as i find a way to be
consider me a satellite forever orbiting
I knew all the rules but the rules did not know me
Guaranteed.
 
 

 

publicado por Teia d´Aranha às 14:52 | Comentar | Ver comentários (22)
Quarta-feira, 18.06.08

O único alemão que me seduz!

Eu adoraria dominar vários idiomas. Tratar o italiano, o espanhol, o inglês e tantas outras línguas por TU! Mas como a cabeça não dá para mais, apenas me vou safando na língua materna, dou uns toques de  francês e pesco uma coisa ou outra de inglês. Mas se há língua que me fere os ouvidos... é o alemão! Sempre me fez confusão! Nem o latim, em tempos idos, me provocou a urticária que me provoca a língua de Hitler!

Será por isso? Porventura, existirá, no meu cérebro, um mecanismo que associa automaticamente o idioma ao estafermo do führer? Só pode! Ou então, na outra vida, estive num campo de concentração... Sim, que isto de ser morena e ter cabelo preto... tem contrapartidas...

Por tudo isto, nunca pensei que houvesse um alemão capaz de me encher as medidas... Vá, vá... não é nada disso que estão já a conjecturar! Para que conste, louros... não fazem nada o meu género! O alemão que me tirou do sério... é o moço que canta no vídeo! Verdade seja dita que não percebo um corno do que o "gaijo" diz, mas... soa-me tãoooooo bemmmmmmmmm...

Como se não bastasse, a letra é simplesmente magnifíca (my opinion)! E como o egoísmo não faz parte dos meus defeitos, partilho-a convosco... em inglês!

(Rammstein - Stirb Nicht Vor Mir)

 

The night opens her lap
The child's name is loneliness
It is cold and motionless
I cry softly into time
I don't know what your name is
But I know that you exist
I know that sometime
someone will love me

He comes to me every night
No words are left to say
With his hands around my neck
I close my eyes and pass away

I don't know who he is
In my dreams he does exist
His passion is a kiss
And I can not resist

I wait here
Don't die before I do
I wait here
Don't die before I do

I don't know who you are
I know that you exist
Don't die
Sometimes love seems so far
I wait here
Your love I can't dismiss
I wait here

All the houses are covered in snow
And candle light in the windows
They lie there together
And I
I only wait for you

I wait here
Don't die before I do
I wait here
Don't die before I do

I don't know who you are
I know that you exist
Don't die
Sometimes love seems so far
I wait here
Your love I can't dismiss

Don't die before I do

 

Sinto-me: tentada a provar cerveja alemã
publicado por Teia d´Aranha às 23:08 | Comentar | Ver comentários (24)

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

 

  • El meu marit i jo vam tenir la sort de tenir un pr...
  • Oláaa, alguém sabe onde se encontram...
  • Pode ser interessante...Para quem gosta e QUER esc...
  • Fiquei triste, admirava mesmo a forma como escrevi...
  • É pena! O que aqui encontrei foi um regalo para os...

subscrever feeds