Terça-feira, 27.07.10

A minha gadelha (ou guedelha): o regresso às origens

 

Chego à conclusão que por muitas nuances e madeixas e o diabo a sete que as cabeleireiras inventam para nos fazerem crer que ficamos muitos mais giras, não há nada melhor do que voltar à cor original. Por isso, hoje, impõe-se, após anos de cores violino e não sei mais que instrumentos, o regresso à cor com que nasci: o preto "asa de corvo", como lhe chamava a minha querida prof. de latim.

 

Esta tarde, às 14.30, numa cabeleireira perto de mim.

 

 

publicado por Teia d´Aranha às 12:45 | Comentar | Ver comentários (10)
Sexta-feira, 30.01.09

"Weatherman", onde páras tu?

 

(Sub7even - Weatherman)

 

"I'm just the weatherman
I make the sun and rain and the colourful rainbow
I am a lucky man
I can freeze my pain if I feel that way"

 

 

Se este homem existir... façam-no chegar a mim. Mas digam-lhe que dispenso a chuva.

 

Contem-lhe apenas que sinto falta do sol e das cores. De rostos alegres e de gargalhadas sonoras. De afectos  e de sentimentos genuínos. De palavras encorajadoras e de silêncios cúmplices. 

 

A chuva, o cinzento e o preto... já me fizeram refém. Preciso que me libertem... Que me façam acreditar que as intempéries são passageiras e que atrás de uma nuvem negra existe mesmo um sol que apenas repousa...

 

 

 

publicado por Teia d´Aranha às 11:02 | Comentar | Ver comentários (12)

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

 

  • El meu marit i jo vam tenir la sort de tenir un pr...
  • Oláaa, alguém sabe onde se encontram...
  • Pode ser interessante...Para quem gosta e QUER esc...
  • Fiquei triste, admirava mesmo a forma como escrevi...
  • É pena! O que aqui encontrei foi um regalo para os...

subscrever feeds