Segunda-feira, 07.03.11

Hoje é dia de renascimento

 

Perguntam-me algumas vezes por que deixei de escrever. Não sei, respondo sempre. Não tenho nada para dizer, acrescento. Mentira óbvia. Temos sempre algo para dizer, quanto mais não seja que estamos vivos, que ainda respiramos, que ainda existimos. É quase como quando vamos no elevador com um vizinho e se instala aquele silêncio constrangedor. Podemos sempre falar do tempo. Por alguma insistência (sim, André... A tua, sobretudo!), vim hoje quebrar o silêncio de meses e dizer isso mesmo: estou viva!

Tenho pensado frequentemente em voltar a escrever e confesso até que sinto alguma saudade do tempo em que este blog andava numa roda viva com posts e comentários a toda a hora. ( E, porra, faz-me falta a escrita!) Mas hoje andamos todos mais dispersos e com um ritmo de vida cada vez mais acelerado. Ou são apenas desculpas. No fundo, sei que são.

O meu problema, bem vistas as coisas, não é o tempo que escasseia ou a velocidade que os dias me impõem. O meu problema, hoje, é que entre a primeira letra e o ponto final fica um enorme espaço que me custa preencher. Só e apenas isso.

publicado por Teia d´Aranha às 14:58 | Comentar | Ver comentários (24)
Terça-feira, 27.07.10

A minha gadelha (ou guedelha): o regresso às origens

 

Chego à conclusão que por muitas nuances e madeixas e o diabo a sete que as cabeleireiras inventam para nos fazerem crer que ficamos muitos mais giras, não há nada melhor do que voltar à cor original. Por isso, hoje, impõe-se, após anos de cores violino e não sei mais que instrumentos, o regresso à cor com que nasci: o preto "asa de corvo", como lhe chamava a minha querida prof. de latim.

 

Esta tarde, às 14.30, numa cabeleireira perto de mim.

 

 

publicado por Teia d´Aranha às 12:45 | Comentar | Ver comentários (10)
Domingo, 02.11.08

Just like i said

 

 

 

publicado por Teia d´Aranha às 14:21 |

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

 

  • E que tal ter tomates para dizer o que vai vem e o...
  • El meu marit i jo vam tenir la sort de tenir un pr...
  • Oláaa, alguém sabe onde se encontram...
  • Pode ser interessante...Para quem gosta e QUER esc...
  • Fiquei triste, admirava mesmo a forma como escrevi...

subscrever feeds