Garanhão que é garanhão... não vai à bola!

Não é que contribua para a minha felicidade, mas tenho alguma curiosidade em saber quem encomenda certos estudos e certas sondagens e o que ganha com isso.

Nestes últimos dias, devem, certamente, ter ouvido a entusiástica notícia que dava conta da trabalheira a que uma qualquer criatura se deu para andar a "medir" o desempenho sexual dos Europeus. Nas conclusões desse estudo (pasme-se!), o povo lusitano surge no topo da lista no que ao "cumprimento das obrigações" diz respeito, ou seja, quando se trata de copular o Tuga responde sempre "presente"! Curiosamente, os Espanhóis lideram o grupo dos mais abstinentes...

Falta agora dar a conhecer como chegaram os estudiosos a esta conclusão tão admirável ou, como me dizia um amigo meu: "Isso significa que por cá se f**e muito?"

Como sabemos, não há estudo digno desse nome que não tenha como base de sustentação um inquérito... Foi colocada, por isso, aos Europeus a seguinte pergunta: "Para que lado recai a sua escolha se tiver de optar entre assistir a um jogo de futebol e entregar-se aos prazeres da carne?"

Os Tugas responderam, sem qualquer hesitação, que optariam por "temperar o corpinho"; já nuestros hermanos não trocariam o esférico por aquela a que vulgarmente chamamos de "cambalhota". 

 

Na minha perspectiva, impõe-se aqui uma pergunta: será que o que nos coloca, a nós, Portugueses, na pole position da performance sexual e aos Espanhóis no derradeiro lugar, tem relação directa com o apetite e fogosidade de cada um dos povos... ou... prende-se mais com a qualidade (ou falta dela) dos respectivos campeonatos de futebol?

 

Caso a resposta aponte para a última hipótese, por mim, o nosso campeonato pode continuar a ser tal como tem sido até aqui...

... fraquiiiiinnnhhhhhooooo...

 

(Da Weasel - Toque Toque)

 

Sinto-me: 100% Tuga!
publicado por Teia d´Aranha às 15:17 |