Sou danada p'ás limpezas!

 

Não é que seja obcecada, mas gosto de ordem cá em casa, do cheiro a limpo e a lavado. Declaro guerra ao pó, ao cotão, aos ácaros e a tudo quanto possa transformar o meu canto num chiqueiro! Teia d'aranha... só mesmo no blog!

 

E gosto de espaço. Incomodam-me as casas repletas de móveis que apenas marcam presença, de coisas que não são usadas e se tornam inúteis, de gavetas a abarrotar de objectos sem qualquer apego afectivo, de papéis e de roupa que se guarda só por guardar.

 

Mas há quem não compreenda este meu gosto pela limpeza, sobretudo quando o transponho para as minhas relações pessoais. Já houve quem se sentisse muito ofendido quando, passado mais de um ano, me ligou e eu perguntei quem era... "Epá, tu não me digas que já não tinhas o meu número! Não esperava isso de ti!" (Azar, meu "amigo"! Se me conhecesses bem... saberias que é perfeitamente normal que o teu número já tenha ido para o c*ralhinho depois de todo este tempo!)

 

Mas pergunto eu: é assim tão estranho eu não ter 568 contactos no msn? Guardar no meu telemóvel apenas os contactos estritamente necessários? Não aceitar convites de "amizade" de gente que nunca vi mais gorda nem mais magra?

 

Pois é... eu tenho esta execrável mania de apagar, de excluir todos os contactos que acabam por não o ser, já que nada (mais) nos une, e que se transformam numa mera lista de nomes. 

 

E lista por lista já temos a telefónica ou mesmo as Páginas Amarelas.

 

 (The Offspring - Gone Away)

 

publicado por Teia d´Aranha às 15:40 |