E eu pergunto-vos...

 

 

... o que é realmente mais importante: as acções ou as palavras?

 

Falar sem nada mais pode operar "milagres"? Agir sem necessidade de "legendas"  basta na maior parte das vezes?

 

Ou terão necessariamente de vir as palavras de mãos dadas com as acções?

 

 

 

publicado por Teia d´Aranha às 19:10 |