Sexta-feira, 22.08.08

Maquiavel (ico)...

Numa daquelas conversas  sérias, profundas que convidam à reflexão sobre os aspectos mais enigmáticos da nossa existência,  a dada altura, refiro-me aos dez mandamentos de Maquiavel. Mas reparo de imediato que o meu interlocutor tinha afixada aquela expressão de quem está a pensar "Pronto, ela voltou a não tomar os comprimidos e, ainda por cima,  eu só tenho pastilhas para a garganta!". Apesar disso, não desfiz a dúvida e mandei-o investigar! Sim, porque eu fomento a aprendizagem pela descoberta... Não dou o peixe, ensino a pescar!

No entanto, e porque estou numa  de "Post de Serviço Público", resolvi partilhar com todo este vasto (cof... cof... cof...) auditório os tais mandamentos.

Mas antes de mais... quem foi o tal  Nicolau Maquiavel? 

Foi, segundo rezam as crónicas, um notável escritor e político italiano (1469-1527). E teve a brilhante ideia de, num dia em que estava mergulhado numa pasmaceira total, escrever 10 mandamentos que ficaram célebres. Já vão perceber porquê.

Eu li-os todos com muita atenção e sabem que mais? Consigo, sem grande esforço mental, elaborar uma extensa lista de camafeus que os cumprem à risca...

 

 

1 - Zelai apenas pelos vossos interesses.

2 - Não honreis a mais ninguém além de vós.

3 - Fazei o mal, mas fingi fazer o bem.

4 - Cobiçai e procurai fazer tudo o que puderdes.

5 - Sede miseravéis.

6 - Sede brutais.

7 - Lograi o próximo toda vez que puderdes.

8 - Matai os vossos inimigos e, se for necessário, os amigos.

9 - Usai a força em vez da bondade ao tratardes o próximo.

10 - Pensai exclusivamente na guerra.  

(The Rolling Stones - Sympathy For The Devil)

 

Sinto-me: maquiavélica!
publicado por Teia d´Aranha às 15:11 | Comentar | Ver comentários (20)
Terça-feira, 15.04.08

Pêlos das virilhas e Existencialismo

Sei que a maioria dos machos julga que as conversas entre mulheres se resume a troca de idéias sobre: vernizes, métodos eficazes para acabar com os pêlos das axilas e das virilhas, gajos bons e gajos podres de bom, malas e sapatos que combinam, datas e locais dos concertos do Tony Carreira, cremes para eliminar a "casca de laranja", mil e trezentas formas de seduzir...

 

Mas, hoje, vi-me na obrigação de repor a verdade: nem todas as "gaijas" debatem assuntos de extrema importância como os supra-citados ("supra-citados"... ficou bem, não ficou?)!

 

Delas há que, mesmo a altas horas da noite, falam de existencialismo, de sociologia, das complexas relações humanas... "Gaijas" que questionam, que duvidam, que equacionam, mas tudo numa base filosófica e pragmática... E depois, sabem o que acontece? Põem-se a ouvir isto...

 

(António Variações - É p'ra Amanhã)

 

"Eu sei que tu andas a procurar
Esse lugar que acerte bem contigo
Do que aparece não consegues gostar
E do que gostas já está preenchido"

 

Sinto-me: tão filosófica!
publicado por Teia d´Aranha às 02:36 | Comentar | Ver comentários (80)

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

 

  • E que tal ter tomates para dizer o que vai vem e o...
  • El meu marit i jo vam tenir la sort de tenir un pr...
  • Oláaa, alguém sabe onde se encontram...
  • Pode ser interessante...Para quem gosta e QUER esc...
  • Fiquei triste, admirava mesmo a forma como escrevi...

subscrever feeds